Profissional cubano do Mais Médicos atende 20 aldeias indígenas no Pará

CUBANOS

Ao iniciar seu trabalho, o médico Osvaldo García Carrera, 44 anos, deparou-se com alguns desafios, entre eles altos índices de doenças crônicas como hipertensão e diabetes entre os indígenas.

ONU Brasil

Osvaldo García Carrera, 44 anos, profissional cubano do Programa Mais Médicos que atende em 20 aldeias do Polo Base Marabá (PA), nunca havia trabalhado diretamente com populações indígenas. Mesmo com seus 20 anos de experiência em medicina, alguns deles em missão em comunidades pobres da Venezuela, não pôde deixar de se encantar com a nova cultura que estava conhecendo. Ele já está no Brasil há quase três anos e se diz extremamente satisfeito com o trabalho que vem desenvolvendo. Leia Mais…

Agrotóxicos: degradação do cerrado e incidência de câncer

Qual é um dos pontos em comum entre a alarmante destruição do Cerrado brasileiro e alta e incidência de câncer em certas regiões do Brasil? A utilização de agrotóxicos* pelo agronegócio nas monoculturas é provavelmente um dos principais catalizadores. Esse tema transversal foi abordado durante a ‘Oficina da saúde da mulher: dialogando sobre o Cerrado e o câncer de mama’, organizada no sábado (25) pela Comissão Pastoral da Terra – CPT de Mato Grosso na comunidade de São Manoel do Parí, município de Nossa Senhora do Livramento, a 32 km de Cuiabá.Leia Mais…

Feira Sustentável vai agitar Praça da Mandioca neste sábado

Gastronomia, artesanato, pontos de coletas de potes de vidro, tampas plásticas variadas entre outras dezenas de atividades. Terá também a distribuição gratuita de exemplares das edições da Revista Sina.

bazer sinaA Feira Sustentável da Mandioca, que já vem acontecendo há um ano, foi concebida inicialmente para ser um espaço de comercialização de produtos preferencialmente derivados de algum processo coletivo, orgânico e/ou sustentável e que valorizem a promoção da economia criativa para um publico cada vez mais notório e crescente, aos poucos foi demonstrando também seu outro viés condutor e motriz: ações que propõem, senão uma inversão na lógica do consumo pelo consumo, pelo menos na contribuição de uma mentalidade de consumo mais sustentável entre as pessoas e o meio em que ocupam, no nosso caso a nossa cidade, mais precisamente num pedaço significativo sob o aspecto histórico e social do centro histórico de Cuiabá, entorno da Praça da Mandioca. Leia Mais…

Homenagem ao Profº Paulo Yoshio Kageyama da Via Campesina-Brasil

Professor Paulo Yoshio Kageyama ficou conhecido como o homem das ciências das árvores e das florestas. Foto: Divulgação.
Professor Paulo Yoshio Kageyama ficou conhecido como o homem das ciências das árvores e das florestas. Foto: Divulgação.

Neste dia, um companheiro e amigo do campo das ciências da diversidade das plantas seguiu o seu caminho, sentiremos muita falta do professor Paulo Yoshio Kageyama. Homem das ciências das árvores e das florestas iniciou sua carreira ainda nos “anos de chumbo” na Universidade de São Paulo, quando já se preocupava com os impactos gerados pelo desenvolvimento da ciência no ambiente e do uso indevido das tecnologias no campo. Leia Mais…