home Mídia A SINA mudou. Para melhor.

A SINA mudou. Para melhor.

Segundo a Anatel, em 2015 o Brasil possuia 283,5 milhões de acessos móveis , cerca de 1,38 linha por habitante. Consequentemente o uso de internet movel disparou.

Também no ano passado, mais da metade das pesquisas no Google foram realizadas através de dispositivos móveis e 56% dos internautas acessaram a internet através do celular.

Com tantas evidências convincentes, a Revista Sina agora torna-se um site responsivo, desenvolvido para se adaptar a todos os tamanhos de tela com um único endereço, não importando em qual dispositivo ele esteja aberto. Assim, outros aparelhos que possam vir a ser usados para navegação (relógios, TV’s, óculos, etc), conseguirão acessa-la sem problemas.   

Mais. O Google prefere sites responsivos e ter um único endereço de acesso torna mais fácil para o Google rastrear, bem como reduz a chance de erros de SEO na página. Por isso, sites responsivos costumam ter melhor desempenho e são mais fáceis de manter do que um modelo de site móvel separado.

Foram alguns meses de investimentos, trabalhos e estudos para desenvolver uma estrutura amigável e de fácil leitura. Hoje os dispositivos móveis estão dominando o mercado e a Sina está preparada para lidar com essa tendência, investindo em uma comunicação adequada, fundamental para alcançar o seu público alvo e aumentar o número de acessos.

Mas o que é um site responsivo? – Um site responsivo se adequa a sua tela, ou seja, reposiciona os elementos do site, a fim de mantê-lo com uma rolagem vertical apenas, e fazer com que não tenha a barra inferior (horizontal) de rolagem. Se o site possuir uma barra lateral com chamadas, login e etc, estes são reposicionados automaticamente, carregando as informações com maior rapidez. Importante: a identidade visual do site não é prejudicada (deformando imagens), tornando a marca acessível em qualquer lugar e ajudando na hora de elaborar as estratégias de comunicação digital.

Mais uma vez agradeço o apoio dos leitores amigos, colaboradores, movimentos sociais e sindicais, sem os quais não seria possível sobreviver nesta selva midiática.

 

hashiAcessem, adicionem ao favoritos, curtam, comentem, compartilhem, divulguem a nossa Sina.

Ao trabalho e boa leitura. A luta continua!

Mario Hashimoto – Editor

https://www.facebook.com/Revista-Sina-174802169234413/

https://twitter.com/revistasina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *